Saltar para a informação do item
1 de 2

AP01LT04 - [MANUSCRITOS] DOCUMENTAÇÃO VÁRIA RELATIVA À VIDA E CARREIRA DE BENTO MANUEL MACHADO DE ARAÚJO, CAPITÃO-MOR DE CASTRO LABOREIRO E VALADARES. 1769-1842. Formatos e dimensões diversos.

AP01LT04 - [MANUSCRITOS] DOCUMENTAÇÃO VÁRIA RELATIVA À VIDA E CARREIRA DE BENTO MANUEL MACHADO DE ARAÚJO, CAPITÃO-MOR DE CASTRO LABOREIRO E VALADARES. 1769-1842. Formatos e dimensões diversos.

LOTE: AP01LT04

[MANUSCRITOS]

DOCUMENTAÇÃO VÁRIA RELATIVA À VIDA E CARREIRA DE BENTO MANUEL MACHADO DE ARAÚJO, CAPITÃO-MOR DE CASTRO LABOREIRO E VALADARES. 1769-1842

Conjunto de 12 documentos, a saber: carta patente de D. José para nomeação no posto de Capitão-mor das Ordenanças da vila de Castro Laboreiro (1769); alvará do mesmo monarca para que se armasse cavaleiro da Ordem de Cristo na Sé de Braga (1769); petição para nomeação na capitania-mor de Ordenanças da vila de Valadares, por vaga (s/d); carta patente de D. Pedro III para o referido posto (1778; pergaminho); alvará de D. Maria I para mercê do foro de fidalgo cavaleiro (1780); procuração bastante passada por Francisco Manuel Machado de Araújo, irmão de Bento Manuel, para poder dotar o seu sobrinho José Joaquim de Mendonça Machado de Araújo com os bens pertencentes ao seu património nas províncias de Trás-os-Montes e do Minho (1799); pública-forma da escritura de esponsais e dote para o seu casamento com D. Maria Antónia de Mendonça Figueira Azevedo, requerido por seu filho José Joaquim de Mendonça Machado e Araújo (1799); carta patente de D. João VI, na qualidade de Príncipe Regente, para nomeação como coronel agregado do ao Regimento de Milícias dos Arcos de Valdevez (1807). Consta ainda, decerto por ligação a um dos postos acima, uma carta patente de D. João IV para nomeação de José Joaquim de Mendonça e Meneses de Azevedo no posto de sargento-mor das Ordenanças da vila de Valadares (1790; pergaminho); mais se incluem o traslado duma carta de D. Maria para mercê do foro de fidalgo cavaleiro a Vitorino da Rocha Cabral de Quadros, morador em Lisboa (1795), dois breves depoimentos de Estevão Queirós Machado em defesa das acções dum suplicante não nomeado, talvez Bento Manuel Machado de Araújo, face a acusações de crime, e uma declaração de João Luís Pereira Rebelo, morador no lugar de Portela do concelho de Valadares, sobre uma mina de água na quinta da Amiosa (1842).

Manuel Bento Machado de Araújo (1740-c.1810) foi natural do então concelho de Valadares, actual termo de Monção; cursou cânones em Coimbra, obtendo o grau de bacharel em 1761, e sucedeu a seu pai Manuel Machado de Araújo na Casa da Amiosa, em Valadares, que havia sido vinculada por seus avós André Machado de Almeida e Maria Barbeitos Padrón de Araújo no final do século XVII.

3 cartas patente com os selos brancos competentes em bom estado; a carta patente de 1769 sem o seu. Bom estado de conservação geral.

Base: 200 EUR

Estimativa: 200-250 EUR
Ver detalhes completos